HISTÓRIAS DO CAMPO

TOCANTINS SE DESTACA NO CENÁRIO NACIONAL DO AGRO

Família Schmidt viu no Norte do país a possibilidade de expandir sua lavoura 

O Estado mais novo do país, Tocantins, com apenas 32 anos de criação, revelou, especialmente nos últimos dez anos, sua vocação inquestionável para a produção agrícola. Dados da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) mostram que o crescimento na última década obteve aumento superior a 185% na produção de grãos, saltando de 1,86 milhão de toneladas, na safra 2009/2010, para mais de 5,3 milhões de toneladas na de 2019/2020.

E foi o Estado da região Norte, situado no centro geográfico do Brasil e que faz limites com estados do Nordeste, Centro-Oeste e do próprio Norte, que o paulista Rodrigo José Schmidt, 40 anos, escolheu para dar continuidade à produção agrícola, atividade praticada há quatro gerações pela família.  “Decidimos mudar para cá pois na região em que estávamos havia muita concorrência com áreas de cana de açúcar”, lembra Rodrigo.

Há três anos, ao lado da esposa, Ana Paula, dos dois filhos, dos pais e do irmão, decidiu migrar de São Paulo para Caseara, município situado no extremo Oeste do Tocantins, há 250 quilômetros da capital Palmas.

Na Fazenda Vale Verde, em uma área de 2.100 hectares, plana e com bom índice de chuva, características da região, plantam soja na safra, e milho e sorgo na safrinha. “Nossa média de colheita é de 55 a 60 sacas por hectare de soja e 70 para o milho”, informa Rodrigo.

Ao lado do pai, Valdenir Schmidt, 76 anos, e do irmão, Ricardo, 39, contam com o trabalho de mais quatro funcionários para as atividades diárias e de um extenso portfólio de máquinas Massey Ferguson. A família é cliente antiga da marca e antes mesmo de Alvilândia (SP), onde manteve por 15 anos a outra propriedade, já era “masseyra”. Desde que chegou ao Tocantins, em meados de 2019, os Schmidt são clientes da concessionária Fourmaq, que tem matriz em Palmas e filial em Gurupi.

Com o suporte da tecnologia de ponta e a alta performance das máquinas agrícolas, Rodrigo destaca o quanto foi possível melhorar o rendimento, a produtividade e a qualidade dos grãos colhidos. “As máquinas maiores agilizam muito em todas as etapas da produção, do plantio à colheita”.

Com janelas mais curtas em relação a outras regiões produtoras do País, é fundamental para o produtor dispor de toda a tecnologia que a agricultura de precisão oferece ao gerenciar com eficiência todas as fases da lavoura, e ter as máquinas sempre prontas para operar em jornadas que variam entre 8h e 10h diárias. “Para isso contamos sempre com o apoio, consultoria e a assistência técnica da Fourmaq”, finaliza o produtor.

No portfólio da família Schmidt estão cinco colheitadeiras, sendo uma MF 9895, adquirida um pulverizador MF 9330, ambos adquiridos na concessionária em 2020, e cinco tratores Massey Ferguson.

Família Schmidt

“A Fourmaq foi fundada em junho de 2018 por três amigos empreendedores, Cristiano Rafael Savicki, Magnus Silva e Eduardo Bruxel, que aceitaram o desafio de mudar a percepção dos clientes sobre a marca Massey Ferguson no estado do Tocantins. Hoje a empresa, que conta com mais de 50 funcionários, tem a matriz em Palmas, uma filial em Gurupi e o projeto de abertura de uma nova loja na cidade de Guaraí. Nos três anos dedicados à marca MF tivemos um grande crescimento no Estado, proporcionando aos clientes ótimas experiências com toda a linha de máquinas, onde mostramos a performance e o rendimento dos nossos produtos. Com uma equipe de profissionais dedicada e qualificada, mudamos o conceito de atendimento e obtivemos a confiança dos nossos clientes. Entre eles, está a família Schmidt, que é nossa parceira desde a abertura da empresa”.

Fourmaq: Soluções em Agronegócio para o Tocantins

Magnus Silva

Sócio da Fourmaq

Concessionária